As Aventuras do Esquilo Ambrósio em Ourém e Tomar

As Aventuras do Esquilo Ambrósio em Ourém e Tomar

Ora então vamos lá estrear-nos nestas “modernices” dos blogs.
Eu sou o Ambrósio, vivo na ECO Quinta Villa Maria e sou a mascote da Living Place.

Estou a escrever-vos porque quero contar-vos as minhas aventuras, dar-vos a conhecer alguns locais, histórias e acontecimentos que vou vivendo com o Paulo e a Sónia, os meus amigos.

A primeira das minhas aventuras iniciou-se em Agroal, no concelho de Ourém. Os meus amigos são apaixonados pela Mãe Terra e quando ando com eles estou sempre muito atento a todos os pormenores. Por acaso, e só mesmo por acaso, demos com o recente inaugurado Passadiço de Agroal ao longo do Rio Nabão com certa de 800 metros de extensão.

Todo o percurso, desde o estacionamento até à Piscina Fluvial está envolto em vegetação ripícola, transmitindo-nos uma frescura compensadora. Soube bem naquele dia de muito calor em inícios de setembro. Ao longo do passadiço encontramos informação da Fauna e Flora gravada na madeira, muito interessante. Eu quis logo tirar uma foto com o Guarda-rios: Alcedo atthis.

Como a piscina estava lotada e nós não gostamos de confusões, fomos refrescarmo-nos num recanto do Rio Nabão e de seguida partimos para o Concelho de Tomar, onde demos uns passitos por cima do Aqueduto do Convento de Cristo. É belíssimo, mas um bocadinho perigoso, por isso ficamo-nos por apreciar a paisagem maravilhosa a perder de vista com todos aqueles enormes e antigos Pinheiros Mansos.



Eu bem pedi para ir apanhar pinhões, até fiquei com água na boca, mas não me deixaram. Ora bolas! A cidade dos Templários esperava-nos. Visitamos a antiga Central Elétrica que foi inaugurada em 1901.
Sabiam que a cidade de Tomar foi a terceira a ter iluminação elétrica pública em Portugal? Pois é, as primeiras foram Elvas e Vila Real.

Quando andamos a visitar a Central dei com uma foto da Torre Eiffel em Tomar. Com esta não contavam, pois não?
Aconteceu em 1914, por ocasião da famosa Festa dos Tabuleiros. Foi construída uma miniaturização da Torre Eiffel, adornada com 890 lâmpadas alimentadas a partir da Central Elétrica.

Chega de história, vamos caminhar mais um pouco. Percorremos uma pequena levada de água corrente, em plena cidade, e fomos até à Nora Gigante no Jardim, levamos com uns pinguitos de água que nos soube muito bem. Estava na hora de lanchar e descobrimos a “Taverna Antiqua”, um restaurante medieval ao lado da Câmara Municipal, que nos transportou para outra época.



Tive o privilégio de escolher o Menu para todos e desfrutamos do descanso compensador. Os meus amigos prometeram levar-me de novo a Tomar, pois não conheço o Convento de Cristo e eles não paravam de falar sobre isso. É que eles já lá foram várias vezes!


Setembro 2021

Autor: Ambrósio

Living Place – Animação Turística
ECO Quinta Villa Maria

 

Living Place - Animação Turística

One thought on “As Aventuras do Esquilo Ambrósio em Ourém e Tomar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscribe!