Erinaceus europaeus

OS HABITANTES DA VILLA | Ouriço-cacheiro (Erinaceus europaeus)

OS HABITANTES DA VILLA | Ouriço-cacheiro (Erinaceus europaeus) O habitante desta semana é um pequeno mamífero insetívoro que foi libertado na ECO Quinta Villa Maria pela primeira vez em Setembro de 2019, através de uma colaboração com o CERVAS. O Ouriço-cacheiro pode ser encontrado na orla de florestas, em pradarias, pomares, campos agrícolas e até em parques. Durante o inverno hiberna e, de Abril a Setembro, reproduz-se, podendo ter entre…

Vulpes vulpes

OS HABITANTES DA VILLA | Raposa (Vulpes vulpes)

OS HABITANTES DA VILLA | Raposa (Vulpes vulpes) Sabe qual é o carnívoro mais comum da Península Ibérica e com a maior distribuição em todo o mundo? É a raposa (Vulpes vulpes). Esta residente ocorre um pouco por todo o lado, podendo ser observada em matagais e florestas, campos agrícolas e pastagens, ambientes desérticos e até áreas urbanas. Além disso, também come um pouco de tudo, desde roedores – o…

Tadarida teniotis

OS HABITANTES DA VILLA | Morcego-rabudo (Tadarida teniotis)

OS HABITANTES DA VILLA | Morcego-rabudo (Tadarida teniotis) O habitante em destaque desta quinzena pode ser mais difícil de avistar nos horários de funcionamento habituais da ECO Quinta Villa Maria, visto que é uma espécie noturna. Mesmo assim, isto não é desculpa para que não se possa aprender um pouco mais sobre o morcego-rabudo: ele pode ser encontrado em pequenas fendas de escarpas ou montanhas, ou em estruturas feitas pelos…

Pelophylax perezi

OS HABITANTES DA VILLA | Rã-verde (Pelophylax perezi)

OS HABITANTES DA VILLA | Rã-verde (Pelophylax perezi) Já viu este habitante ao vivo antes? Muitos dos nossos leitores já se devem ter cruzado com a rã-verde, visto que é o anfíbio mais abundante em Portugal. Se ainda não teve a oportunidade de a observar, esteja atento da próxima vez que estiver perto de qualquer tipo de habitat aquático (rios, lagos, etc.): se encontrar uma rã com uma distinta linha…

Discoglossus galganoi

OS HABITANTES DA VILLA | Rã-de-focinho-pontiagudo (Discoglossus galganoi)

OS HABITANTES DA VILLA | Rã-de-focinho-pontiagudo (Discoglossus galganoi) Este habitante é endémico à Península Ibérica, o que significa que apenas existe em Portugal e Espanha! Ele pode ser encontrado numa grande variedade de habitats desde que esteja próximo de um ponto de água, e reproduz-se em locais como poças, regueiros ou o charco da ECO Quinta Villa Maria.  Em termos de dieta, não é esquisito: em girino come detritos e…

Salamandra salamandra

OS HABITANTES DA VILLA | Salamandra-de-pintas-amarelas (Salamandra salamandra)

OS HABITANTES DA VILLA | Salamandra-de-pintas-amarelas (Salamandra salamandra) A Salamandra salamandra passa o tempo debaixo de troncos e pedras ou dentro de buracos e tocas de roedores, e come diversos invertebrados, desde moluscos a centopeias. Durante o Verão poderá ser difícil encontrá-la, visto que é uma espécie que não se encontra ativa em Portugal nesta altura. Sabia que este habitante também tem duas “alcunhas”? Além de Salamandra-de-pintas-amarelas, também é chamada…

Lutra lutra

OS HABITANTES DA VILLA | Lontra (Lutra lutra)

OS HABITANTES DA VILLA | Lontra (Lutra lutra) O primeiro habitante a ser apresentado corresponde nada mais nada menos que ao “crocodilo” da Villa Maria, a Lutra lutra (lontra). Esta é uma espécie noturna que vive perto de zonas húmidas de água doce como lagos, albufeiras, rios ou pauis. Apesar de, por vezes, se alimentar de espécies terrestes como roedores ou insetos, a sua dieta é constituída maioritariamente por peixe…